A GNR anunciou esta quarta-feira a detenção, em Viana do Castelo, de quatro jovens suspeitos da autoria de crimes de roubo e furto, um dos quais, por esticão, terá provocado ferimentos à vítima.

A operação foi desencadeada na terça-feira depois de os quatro detidos, residentes no concelho de Barcelos e com idades compreendidas entre os 18 e os 22 anos, terem perpetrado «um roubo por esticão de uma carteira» a uma mulher.

«Ficou prostrada no chão, ferida, com a violência exercida pelos meliantes no momento do roubo», explicou fonte da GNR.

Os suspeitos - três homens e uma mulher - foram apanhados pelos militares «em flagrante delito», na zona de Amorosa, freguesia de Chafé, em Viana do Castelo. Depois do roubo, ainda furtaram uma bicicleta avaliada em 400 euros que se encontrava na via pública, colocando-se em fuga num veículo de alta cilindrada.

Os militares da GNR, que se encontravam no local no âmbito de outro processo, «presenciaram os delitos» e moveram de seguida uma ação de interceção que viria a culminar com a detenção do grupo.

«No decurso da busca efetuada ao veículo que os mesmos utilizavam, os militares recuperaram integralmente todos os objetos resultantes do roubo e do furto, restituindo-os aos seus legítimos proprietários», sublinhou ainda aquela força.

Dois dos detidos possuem antecedentes criminais por roubo e furto, indicou ainda a GNR.

Os quatro serão presentes esta quarta-feira ao Tribunal de Viana do Castelo para primeiro interrogatório judicial.