A GNR deteve esta quarta-feira em S. Martinho do Campo, Santo Tirso, quatro homens suspeitos de “dezenas” de assaltos a empresas nos distritos de Braga, Porto, Aveiro e Viseu.

Em comunicado, a GNR afirma que a detenção foi efetuada pelo Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos e ocorreu em flagrante delito, quando os suspeitos estavam a assaltar uma empresa têxtil.

Na sequência das detenções, a GNR efetuou duas buscas domiciliárias em S. Tiago de Candoso, Guimarães, que resultaram na apreensão de uma viatura, uma soqueira, 16 telemóveis, cinco computadores portáteis, vários artigos informáticos, duas rebarbadoras, peças vestuário e cerca de 100 euros

“Sobre este grupo recaem fortes suspeitas da autoria de dezenas de assaltos a empresas nos distritos de Braga, Porto, Aveiro e Viseu, no interior das quais foram furtados milhares de euros, material de escritório e vestuário, entre outros artigos”, refere ainda o comunicado.

Só na zona abrangida pelo Comando Territorial de Braga da GNR, terão sido efectuados 16 assaltos.

Os detidos têm idades compreendidas entre os 23 e 31 anos e vão ser levados a tribunal na quinta-feira, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.