Um engenho explosivo, passível de ser detonado, foi esta sexta-feira encontrado numa casa desabitada na povoação do Cano, concelho de Sousel, tendo sido recolhido pela GNR, disse à agência Lusa fonte da força de segurança.

Segundo a mesma fonte, a GNR de Sousel foi alertada para o facto por um popular, tendo posteriormente montado um perímetro de segurança ao local e solicitado a presença de uma equipa de inativação de engenhos explosivos do Comando Territorial de Évora.

A fonte da guarda indicou ainda que se trata de uma granada de mão ofensiva, com cavilha, e que «poderia estar passível de ser detonada».

O engenho explosivo, de acordo com a fonte da GNR, foi recolhido e «levado em segurança», para ser analisado e classificado, e posteriormente destruído.