A Guarda Nacional Republicana controlou 285.725 condutores, da passada segunda-feira a domingo, tendo detetado 5.350 condutores em excesso de velocidade, segundo dados disponíveis no site da GNR.

Mil e duzentos guardas estiveram mobilizados nas 600 ações de fiscalização desta operação, designada “Controlo de velocidade”, que decorreu em simultâneo em todos os países da Europa.

A ação foi promovida pela European Traffic Police Network (TISPOL), organismo que congrega todas as polícias de trânsito europeias e que, em Portugal, é representado pela GNR.

Realizadas por militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, as ações foram direcionadas para as vias onde as infrações por excesso de velocidade são mais frequentes, sobretudo autoestradas e vias no interior das localidades.