A GNR deteve este sábado 50 pessoas e identificou 10 por suspeitas de crime de furto de azeitona nos concelhos alentejanos de Beja, Serpa e Moura e apreendeu 18,5 toneladas daquele fruto que foram furtadas e 22 viaturas.

Os suspeitos foram detidos e identificados por suspeita de furtos de azeitona ocorridos em olivais das freguesias de Baleizão (Beja), Pias (Serpa) e Amareleja (Moura), no distrito de Beja, no âmbito da operação «Agrisegur», precisa a GNR, em comunicado.

Segundo a GNR, os suspeitos detidos, 30 homens e 20 mulheres, com idades entre os 18 e 55 anos, todos romenos e residentes em Espanha, foram constituídos arguidos e libertados sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

Os suspeitos identificados são cinco homens e cinco mulheres, com idades entre os 13 e 52 anos, sendo seis portugueses e quatro romenos residentes em Espanha, indica a GNR, que comunicou os factos aos tribunais de Beja e de Moura.

Além das 18,5 toneladas de azeitona e das 22 viaturas, todas com matrícula espanhola e que se destinavam ao transporte da azeitona furtada, a GNR aprendeu vários utensílios relacionados com a apanha daquele fruto.

No distrito de Beja, no âmbito da operação «Agrisegur», que arrancou no passado mês de novembro e termina no dia 31 deste mês, para fiscalizar explorações agrícolas com o objetivo de prevenir furtos, a GNR já deteve 54 pessoas e identificou 49 por suspeitas da prática de crimes de furto de azeitona e apreendeu 33 toneladas daquele fruto que foram furtadas.