O incêndio que esta tarde deflagrou numa rua do centro do Porto está controlado, sem que se tenham registado feridos, embora um bombeiro indisposto tenha sido assistido, disse este sábado o comandante dos Sapadores.

A preocupação maior foi que não se propagasse às habitações laterais. Conseguimos e neste momento estamos com pequenos focos de incêndio. Portanto a situação está controlada e brevemente esperemos que esteja extinta”, afirmou aos jornalistas no local o comandante dos Sapadores Bombeiros do Porto, Rebelo de Carvalho.

O alerta para o fogo que deflagrou no primeiro andar de um edifício de três pisos onde funciona uma pastelaria na rua de Fernandes Tomás, perto do mercado do Bolhão, foi dado pelas 17:50, tendo acorrido ao local cerca de 40 operacionais dos Sapadores, para além de elementos dos Bombeiros Voluntários do Porto e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Durante a operação de combate às chamas, a rua Fernandes Tomás esteve cortada pela Polícia de Segurança Pública (PSP) entre a rua de Sá da Bandeira e a rua do Bonjardim.

Sobre o bombeiro que necessitou de assistência, o comandante dos Sapadores explicou tratar-se de "um homem que, fruto do trabalho e desempenho no combate, sentiu-se menos bem e por precaução foi acionado o apoio sanitário".

Rebelo de Carvalho precisou que o incêndio obrigou à evacuação dos prédios adjacentes, não sendo possível indicar quanto tempo poderão demorar as operações de rescaldo.