Em apenas 24 horas, a PSP apreendeu mais de 450 munições, numa operação que decorreu a nível nacional e que resultou, ainda, na detenção de cinco pessoas e na apreensão de 72 armas, na passada quinta-feira. 

Em comunicado, a direção nacional da Polícia de Segurança Pública refere que quatro pessoas foram detidas por posse de arma proibida e uma por uso de porte de arma, sob efeito de álcool.

A operação, denominada “ARMEX II”, resultou ainda na apreensão de 1.965 artigos pirotécnicos e na deteção de mais de 50 infrações ao Regime Jurídico das Armas e Suas Munições.

A fiscalização ao setor decorreu durante 24 horas, tendo mobilizado mais de 900 elementos da PSP, que tiveram como principais alvos pedreiras, armeiros, pirotecnias, estanqueiros, fábricas e outros locais de emprego de explosivos.

A PSP justificou a operação com a proximidade das épocas festivas e a necessidade de fiscalizar o setor das armas e munições.

O licenciamento, controlo e fiscalização do fabrico, armazenamento, comercialização, uso e transporte de armas, munições e substâncias explosivas e equiparadas é uma competência da PSP.