Um homem de 47 anos ficou hoje em estado "muito grave" em Valença, na sequência de um acidente ocorrido na casa onde habita, quando manuseava resina, disse esta terça-feira à Lusa o comandante dos bombeiros locais.

De acordo com Miguel Lourenço, "o homem estava a fazer uns trabalhos em casa, com resina, e terá utilizado água com pressão que despoletou a combustão e o queimou na cara".

Contactada pela agência Lusa, outra fonte dos bombeiros voluntários de Valença (distrito de Viana do Castelo) adiantou que o homem "foi transportado para o hospital Santos Silva, no Porto, em estado muito grave".

O alerta foi dado às 17:15. Ao local compareceram os bombeiros locais, com uma viatura e dois operacionais, e a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.