A mulher ferida com gravidade no acidente com um autocarro que quinta-feira se despistou junto à estação de metro do Mercado, em Matosinhos, mantém-se internada nos Cuidados Intensivos do Hospital Pedro Hispano.

Fonte da unidade hospitalar disse esta sexta-feira à Lusa que os restantes três feridos que ali deram entrada já tiveram alta.

O acidente provocou ainda a morte de uma mulher, com cerca de 70 anos.

O autocarro despistou-se pelas 15:22 na Avenida Engenheiro Duarte Pacheco, em Matosinhos, e embateu na paragem da estação de metro, num autocarro e num automóvel.

“As causas do acidente ainda são desconhecidas, mas foi chamado ao local o Núcleo de Investigação da PSP, que está, neste momento, a fazer perícias”, indicou, quinta-feira à Lusa, Susana Gonçalves, comandante operacional e chefe de Divisão da Proteção Civil da Câmara de Matosinhos.

A responsável acrescentou que “um autocarro da Resende despistou-se e embateu numa paragem de autocarro situada entre a doca de Matosinhos e o mercado municipal”, provocando a morte a uma mulher de cerca de 70 anos, ferimentos graves noutra mulher da mesma idade e ferimentos ligeiros em três pessoas.