A Autoridade do Medicamento determinou a suspensão de um lote do fármaco injetável Cefazolina Hikam IV, um antibacteriano usado geralmente em pós-operatório, após ter recebido duas notificações de suspeitas de choque anafilático associadas àquele medicamento.

“A anafilaxia é um efeito indesejável que se encontra descrito no resumo das caraterísticas do medicamento com frequência muito rara, no entanto, devido à proximidade temporal da ocorrência destes dois casos em entidades diferentes, o Infarmed irá proceder a uma investigação”, refere uma circular da Autoridade do Medicamento.


Como medida de precaução, o Infarmed determinou a suspensão imediata da utilização e comercialização dum lote específica do medicamento Cefazolina Hikma IV, indicado principalmente para a profilaxia das infeções do pós-operatório.

Uma vez que este medicamento é administrado por profissionais de saúde, as entidades que possuem o lote identificado na circular da Infarmed não o devem administrar até estar concluída a avaliação da situação.