As farmácias trocaram mais de 25.500 seringas nos primeiros seis meses do programa troca de seringas que se reiniciou no início deste ano e ao qual aderiram já mais de 1.450 farmácias de todo o país, segundo dados oficiais.

O Programa de Troca de Seringas nas Farmácias (PTS-F) estava suspenso desde 2012, quando cessou o contrato entre a Associação Nacional de Farmácias (ANF) e o Ministério da Saúde, tendo sido retomado no início de janeiro deste ano.

A retoma deste programa já tinha sido anunciada, mas até agora não fora concretizada, tendo a troca de seringas sido feita, desde então, apenas nos centros de saúde e em instituições de solidariedade social.

De acordo com a ANF, o reinício do PTS-F “ocorreu de forma faseada e cumprindo o calendário da Direcção-Geral da Saúde”, tendo começado em janeiro pelo distrito de Setúbal, estendendo-se progressivamente a Lisboa (em fevereiro), ao Porto (em março) e aos restantes distritos do país a partir de 15 de março.

Atualmente, são mais de 1.450 as farmácias aderentes ao programa, assegurando uma cobertura nacional que ultrapassa a existente quando o programa cessou (cerca de 1.200 farmácias participantes em 2012).

Quanto ao número de seringas distribuídas, as farmácias registaram a troca de mais de 25.500 seringas até junho (correspondendo a dados preliminares de 12.767 kits do Programa registados).

A ANF destaca que a evolução gradual do PTS-F, bem como a necessidade de divulgação aos potenciais beneficiários (população frequentemente marginalizada e pouco informada), têm correspondido às expectativas.