As cinco ilhas do grupo central dos Açores vão continuar sob aviso amarelo da meteorologia por causa da chuva até quinta-feira de manhã.

Desde terça-feira que estas ilhas (Faial, Pico, São Jorge, Terceira e Graciosa) estão sob aviso amarelo (o segundo menos grave numa escala de quatro) do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) por causa da «chuva pontualmente forte».

Na madrugada de terça-feira, quatro famílias foram retiradas das suas casas na vila das Velas, ilha de São Jorge, por precaução, na sequência de uma derrocada que danificou quintais e casas de arrumos.

As previsões meteorológicas, sobretudo de chuva, levaram as autoridades a criar um perímetro de segurança na zona, interditando o acesso a quatro habitações e a um anexo de uma casa de repouso, normalmente usado como centro de dia.

Em comunicado, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores reiterou hoje que devem ser adotados «comportamentos adequados» a estas previsões, «em particular nas zonas mais vulneráveis».

Entre outros conselhos, a proteção civil recomenda a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas, não despejar lixo e entulhos nas ribeiras, a consolidação de telhados, portas e janelas e a adoção de uma «condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias», segundo a Lusa.