A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 57 anos que alegadamente ateou fogo a uma residência em Vila Nova de Famalicão, para se vingar do senhorio, após este o ter despejado, informou aquela força.

Em comunicado, a PJ acrescenta que o crime ocorreu na noite de quarta-feira, sublinhando que o incêndio só não atingiu grandes proporções nem causou prejuízos muito relevantes tendo graças à «pronta deteção e a imediata intervenção» dos bombeiros.

«O arguido, agindo por vingança e num quadro aditivo, após ter sido despejado pelo seu senhorio por falta de pagamento da renda, num cenário de constantes ameaças, terá ateado um foco de incêndio, presumivelmente com recurso a um isqueiro, em materiais combustíveis existentes num dos quartos», refere ainda o comunicado.