Atualizada às 14:25

Um incidente com um avião da TAP, este sábado, quando o aparelho descolava com destino ao Brasil, provocou danos em carros estacionados em Camarate e no Catujal, perto do aeroporto de Lisboa, disse fonte da PSP, em declarações ao tvi24.pt. Fonte da companhia aérea indica à Lusa que se tratou de um problema num reator.

«Houve alguns objetos que caíram e que coincidiu com a descolagem do avião. Alguns populares encontraram esses objetos e entregaram-nos na esquadra. Se os objetos caíram do avião ou não terá de ser apurado em inquérito», disse fonte da PSP.

Segundo a fonte, o acidente causou apenas danos em várias viaturas estacionadas na zona de Camarate e Catujal. Desconhece-se, para já, o número de viaturas danificadas..

O avião, com 268 pessoas a bordo, regressou terá regressado a Lisboa uma hora depois de ter levantado voo e não há a registar quaisquer danos entre os passageiros.

Contactada pela Lusa, fonte da TAP negou que tenha ocorrido uma explosão num motor e atribuiu o incidente a um «problema num reator».

Afirmando que o avião aterrou no aeroporto da Portela por volta das 11:30 e que «tudo correu bem na aterragem», a mesma fonte disse que a TAP está agora a procurar «a solução mais rápida» para levar os passageiros a São Paulo.

A TVItem tentado contactar a TAP, para obter mais esclarecimentos, mas sem sucesso.