Uma embarcação de recreio explodiu esta quinta-feira e ardeu totalmente, sem provocar vítimas, no cais do Pomarão, no concelho de Mértola, tendo os alegados proprietários, espanhóis, fugido após a explosão, disseram à Lusa fonte dos bombeiros e da GNR.

A embarcação, com cerca de oito metros de comprimento, ainda estava em terra, no cais, quando explodiu, cerca das 09:50, e «ardeu totalmente», mas o incidente não provocou vítimas nem outros danos materiais, explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Mértola, André Soares.

Segundo o comandante, a explosão terá sido provocada por cinco bidões de gasolina que estavam dentro da embarcação e as autoridades, para já, desconhecem para que serviria o combustível.

Os alegados proprietários da embarcação são espanhóis e fugiram num jipe após a explosão, contou o oficial de relações públicas do Comando Territorial de Beja da GNR, tenente-coronel José Rosa.

Segundo o oficial, no local já estão a GNR, a Polícia Marítima e a Polícia Judiciária a investigarem o caso.