Um dos feridos pela explosão e incêndio em Campolide, em Lisboa, encontra-se no Hospital de São José, com queimaduras de primeiro e segundo graus, e apresenta um prognóstico reservado, informou à Lusa fonte hospitalar.

A explosão e o incêndio provocaram quatro feridos, dos quais três foram transferidos para o Hospital de São José e um foi assistido no local, disse à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Segundo fonte daquele hospital, um dos feridos está a ser assistido com queimaduras de primeiro e segundo grau e apresenta um prognóstico reservado. Os outros dois feridos apresentam escoriações.