Mil e duzentos militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) participam, a partir desta segunda-feira, na operação “Controlo de Velocidade”, ao abrigo da qual decorrerão 600 ações de controlo até domingo, informou a GNR.

Trata-se de uma operação promovida pela European Traffic Police Network (TISPOL), organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa e que, em Portugal, é representado pela GNR.

A operação realiza-se em simultâneo em todos os países da Europa.

Combater a sinistralidade rodoviária associada ao excesso de velocidade é o objetivo da ação que mobiliza militares de todos os comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

Desde o início de 2015 e até ao dia 16 de agosto, foram controlados 5.733.295 condutores, dos quais 118.822 circulavam em excesso de velocidade, segundo a GNR.