Portugal tinha, em 2012, a taxa de fecundidade mais baixa da União Europeia (1,28), numa tabela liderada pela Irlanda e a França (2,01 cada), e um valor muito abaixo da média europeia (1,58), divulga hoje o Eurostat.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE) ¿ que divulga dados de 2012 - além de Portugal, as mais baixas taxas de fecundidade foram registadas na Polónia (1,30) e em Espanha (1,32).

No outro extremo da tabela, à Irlanda e França juntam-se o Reino Unido (1,92) e a Suécia (1,91), segundo os dados divulgados no âmbito do Dia Internacional da Mulher, que se assinala no sábado.

A taxa de fecundidade - o número de filhos por mulher ¿ tem vindo a reduzir-se em Portugal: em 2001 era de 1,45, em 2005 de 1,41, em 2010 de 1,39, em 2011 de 1,35, até aos 1,28 de 2012.