O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou esta terça-feira a detenção, em Chaves, de um cidadão estrangeiro por desobediência à decisão de afastamento do país, depois de ter estado detido por violência doméstica contra a própria mãe.

A detenção foi efetuada no âmbito de uma operação programada que foi direcionada ao controlo de permanência de cidadãos estrangeiros em Portugal.

De acordo com um comunicado daquela autoridade, o homem já esteve detido, preventivamente, pela prática dos crimes de violência doméstica, nomeadamente, crime de injúria agravado, crime de ameaça agravado, crime de ofensa à integridade física qualificada e de um crime de dano, sobre a própria mãe, bem como por tentativas de agressão e injúrias, resistência e desobediência a agentes policiais.

O indivíduo é ainda suspeito em eventual envolvimento na tentativa de furto por arrombamento a caixas multibanco.

O detido foi conduzido a um centro de instalação para efeitos de afastamento para o seu país de origem, ficando impedido de entrar em território nacional pelo prazo de três anos.