Mais de metade dos espanhóis, 53,9%, é contra o envolvimento de Espanha nas ações militares na Síria, face aos 34,8% que o apoiam e a outros 11,3 que não sabem, segundo uma sondagem para o jornal El Mundo.

Os inquiridos pela empresa Sigma Dos são maioritariamente da opinião que Espanha pode sofrer um atentado semelhante ao de Paris (83,2%), enquanto 13,5% não acha provável e 3,3% não sabe.

Os inquiridos do Partido Popular são mas favoráveis ao envolvimento de Espanha nas ações militares (53,2%), enquanto os entrevistados de todas as cores políticas coincidem por maioria na possibilidade de ocorrerem atentados em Espanha.