O embaixador português em Berlim, Luís Almeida Sampaio, considerou hoje que o eleitorado alemão «sem surpresas, aposta na estabilidade e na continuidade».

À margem de um encontro promovido pela embaixada durante a noite eleitoral, o diplomata afirmou que os alemães mostraram que prezam «a previsibilidade e a estabilidade, o contrário da inquietação».

O diplomata afirmou que «a comunidade portuguesa só pode beneficiar com a estabilidade política e social».

Luís Almeida Sampaio acrescentou que Portugal e os portugueses «estão cada vez mais ligados ao destino dos alemães».

«Tradicionalmente, tivemos relações mais profundas com o Reino Unido e a França, nunca tivemos cumplicidade semelhante com os alemães», destacou.

Para o embaixador, a Alemanha está «condenada a desempenhar um papel cada vez mais importante na Europa, por muito que os alemães nao estejam confortáveis com isso, porque acabam a ser os maus da fita».

De acordo com as últimas projeções das cadeias públicas alemãs, os conservadores de Angela Merkel deverão conseguir a maioria absoluta na câmara baixa do parlamento alemão, com 42,5% dos votos e 304 mandatos.