Mudam-se os tempos, e por vontade do governo, aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, muda também o custo do Euromilhões que, em setembro, terá um aumento de 25 por cento na aposta mínima.

Esta subida de preço tem duas componentes: dez por cento de aumento (20 cêntimos), porque.. Porque sim. E mais 30 cêntimos por uma aposta num novo jogo, ainda sem nome definido, chamado, para já, de Totosorteio.

A exploração do novo jogo "de números" e do Euromilhões, cujos sorteios são transmitidos na TVI, mantém-se na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML). 

Prémios maiores

O novo Totosorteio terá um novo nome comercial em final de setembro e irá encarecer cada aposta no Euromilhões em trinta cêntimos.

O Euromilhões vai crescer com novas apostas, a partir do dia 27 de setembro, com um custo de aposta um bocadinho mais alta, porque vamos ter mais e maiores prémios”, disse Maria João Matos, do departamento de jogos da SCML, ouvida pela Agência LUSA.

Segundo a responsável, o valor mínimo garantido do primeiro prémio passa de 15 para 17 milhões de euros. Já os sorteios de Super Jackpots Mínimos Garantidos passam dos 100 milhões para os 130 milhões.

Contudo, os apostadores terão mais uma Estrela na matriz. Serão 12 em vez das atuais 11, sendo que a probabilidade de ganhar um prémio, segundo a responsável da SCML, manter-se-á na proporção de 1:13. 

A mecânica do jogo não sofrerá alterações”, garantiu Maria João Matos, adiantando que será lançada uma campanha publicitária para informar atempadamente os apostadores portugueses sobre todas as alterações ao Euromilhões.

Um milhão todas as semanas

Duas vezes por ano, haverá um "evento promocional”, que irá premiar 25 apostadores do Euromilhões, com um milhão de euros cada. O primeiro sorteio está previsto para o final de outubro.

Também o novo jogo associado ao Euromilhões, para já conhecido como Totosorteio, irá pagar um milhão de euros todas as semanas, a partir do dia 30 de setembro.

Permitirá, garantidamente, e todas as semanas, a atribuição de um prémio de um milhão de euros, só em Portugal”, frisou a responsável da SCML.

Este conjunto de alterações ao Euromilhões foi acordado no dia 8 de julho, entre os oitos países participantes no Grupo Euromilhões, a saber Portugal, Áustria, Bélgica, França, Irlanda, Luxemburgo, Espanha, Suíça e Reino Unido.

As alterações que deverão estar instituídas em setembro foram aprovadas em Conselho de Ministros esta quinta-feira.

Na ótica da responsável do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, pretende-se “criar as condições necessárias para canalizar a procura de jogos em dinheiro para a oferta de jogos sociais do Estado”.

Os jogos sociais do Estado são a Lotaria Clássica, a Lotaria Popular, o Totobola, o Totoloto, o Joker, a Raspadinha, o Euromilhões e o PLACARD.