As autoridades venezuelanas confirmaram, esta quinta-feira, que foi detido um passageiro do sexo masculino, de 28 anos, que pretendia transportar 5,5 kgs de cocaína para Portugal, por via aérea.

O passageiro, de nacionalidade venezuelana, segundo o Escritório Nacional Antidrogas (ONA) da Venezuela, foi detido na última terça-feira, por oficiais da Guarda Nacional (polícia militar), estando a aguarda para ser ouvido por um juiz.

Os oficiais revistaram a sua bagagem, tendo localizado 3,340 quilogramas de cocaína escondida numa mala e 2,245 quilogramas da mesma substância ocultada em três compartimentos de um bolso.

O passageiro pretendia embarcar no voo TP142 da Tap-Portugal, com destino a Lisboa.