A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve na terça-feira dois homens junto ao cemitério dos Prazeres, em Lisboa, pela posse de mais de 15 mil doses de heroína.

A detenção, em flagrante, dos dois homens, de 27 e 33 anos, ocorreu às 15:30, na sequência de uma operação de fiscalização rodoviária, no âmbito da operação Páscoa Segura 2015.

O subintendente Pedro Marques, da 4.ª Divisão do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, disse que os dois homens aperceberam-se da realização da operação de fiscalização rodoviária alguns metros antes, pelo que «estacionaram o carro repentinamente, para evitar o controlo».
 

«Dois elementos da PSP deslocaram-se à viatura, a qual foi abandonada pelos homens. Na viatura foram encontrados um bloco de droga, com um grau de pureza bastante elevado, para 5.000 doses, e mais 10.000 doses de heroína já adulterada, para ser dividida em doses individuais para venda».


Além das 15.068 doses de produto estupefaciente, foram ainda apreendidos cinco telemóveis e 750 euros.

Pedro Marques afirmou que os dois suspeitos, que não se encontravam armados e não ofereceram resistência quando foram capturados, têm nacionalidade portuguesa, um deles com antecedentes criminais.

Os dois homens, que se suspeita não serem «pessoas que procedam à venda direta de droga e se dedicam à distribuição» de estupefacientes, serão presentes esta quarta-feira ao juiz de instrução, para fixação das medidas de coação.