A Polícia Judiciária deteve um homem de 51 anos por suspeita de violação de crianças e um outro indivíduo de 40 anos que fingia ser rapariga no Facebook para conhecer menores de idade.

O suspeito de 51 anos foi detido pela presumível autoria do crime de abuso sexual de crianças e de violação, na forma tentada, na zona de Vila Nova de Gaia.

Em comunicado, a PJ refere que o suspeito ter-se-á aproveitado, ao longo do ano de 2014, do convívio e confiança com a família das vítimas, uma das quais com 12 anos, para «perpetrar os abusos sexuais».

A PJ deteve um outro homem, com 40 anos e gestor de clientes, que se fazia passar por uma rapariga menor de idade na rede social Facebook e que criava vários perfis falsos com o fim de conhecer raparigas e rapazes.

Após estabelecer uma relação de confiança com as vítimas, de idades entre os 11 e os 13 anos, o detido convencia-as a enviar-lhe fotografias desnudadas.

O detido conseguiu concretizar um encontro com uma das vítimas, com «quem manteve contactos de natureza sexual», explica a PJ, que fez buscas domiciliárias e apreendeu equipamento com vídeos contendo imagens de cariz pornográfico com menores.