A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 168 pessoas no âmbito de operações de combate à criminalidade e de fiscalização rodoviária realizadas durante o fim de semana em todo o país, anunciou esta segunda-feira a corporação.

Em comunicado, a GNR adianta que 93 pessoas foram detidas por condução sob o efeito do álcool, 18 por condução sem carta, cinco por furtos, duas por posse de arma proibida e 12 por tráfico de estupefacientes.

As 168 detenções resultaram de um conjunto de operações de fiscalização rodoviária e de prevenção e combate à criminalidade violenta realizadas durante o fim de semana em todo o país, refere o texto.

Durante o fim de semana, os militares da GNR apreenderam também 117 doses de haxixe, seis armas de fogo, 278 munições e três veículos.

Em termos do trânsito, a GNR fiscalizou 7.081 condutores, dos quais 917 por excesso de velocidade, 242 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 96 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças. Ao todo foram registadas 2.416 infrações.

A GNR multou ainda 107 condutores por falta de inspeção periódica obrigatória, 91 por uso do telemóvel durante a condução, 45 por falta de seguro e 11 por infrações de tacógrafos.