A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 41 anos, por falsificação de receitas de um medicamento contendo metadona, as quais aviava em várias farmácias da zona de Sintra, informou hoje aquela força policial.

A detenção do suspeito, por falsificação de receituário médico e burla ao Estado, foi feita na sequência de uma busca domiciliária realizada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ.

Segundo a PJ, o detido obtinha, daquela forma, um medicamento que só pode ser vendido com prescrição médica e que beneficia de comparticipação do Estado. O medicamento destinava-se a consumo próprio e a venda no circuito da toxicodependência.

O arguido já cometia estes delitos, pelo menos, desde 2010, tendo falsificado largas dezenas de receitas médicas, refere a PJ.

O detido vai ser submetido a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação consideradas adequadas.