A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve na última semana 396 pessoas em flagrante delito, 139 das quais por condução sob o efeito do álcool, e apreendeu 27.517 doses de haxixe, adiantou esta sexta-feira aquela força de segurança.

Em comunicado, a GNR anunciou que, na última semana (de 27 de maio a 2 de junho), deteve 396 pessoas em flagrante delito, dos quais 139 por condução sob o efeito do álcool, 83 por condução sem habilitação legal, 22 por tráfico de estupefacientes, 21 por furto e nove por posse ilegal de arma.

Durante as operações de fiscalização efetuadas em todo o território nacional, a GNR aprendeu 27.517 doses de haxixe, 191 doses de cocaína, 59 doses de heroína, 14 armas de fogo, 605 munições de vários calibres, 5,5 quilos de explosivos, 18 armas brancas, 15 veículos, 2.268 euros em numerário, 1.105 artigos contrafeitos e 145 quilos de pescado.

No que diz respeito à fiscalização rodoviária, a GNR detetou 8.600 infrações, 2.056 das quais por excesso de velocidade, 523 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 492 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Daquelas infrações, foram ainda detetas 323 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 315 por falta de inspeção periódica obrigatória, 194 relacionadas com tacógrafos e 189 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

As operações foram realizadas na última semana e realizaram-se em todo o território nacional com o objetivo de prevenir e combater a criminalidade violenta e de fiscalização rodoviária.