Notícia atualizada

Um professor e um estudante foram detidos em Leiria por presumível prática de crimes de abuso sexual de crianças, informou esta sexta-feira a Polícia Judiciária (PJ). Ouvidos pelo juiz, ambos ficaram em liberdade, mas o professor está afastado da escola.

Em comunicado a que a Lusa teve acesso, o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ adiantava que os arguidos, solteiros, terão praticado vários crimes de abuso sexual de crianças sobre uma criança de 13 anos de idade.

«Ambas as detenções ocorreram na quarta-feira» e os detidos «são do mesmo estabelecimento de ensino».

A PJ continua a investigar para apurar a eventual existência de outras vítimas.

Os detidos foram esta sexta-feira presentes a tribunal.

O juiz de Instrução Criminal determinou que professor aguardasse em liberdade o desenvolvimento do inquérito, condicionado ainda a apresentações diárias em posto policial da área da residência.

O professor detido pela presumível prática de crimes de abuso sexual de crianças em Leiria está proibido de frequentar a escola e contactar a vítima.

O outro arguido, um estudante, está igualmente «proibido de contactar a vítima e tem de se apresentar quinzenalmente no posto policial», adiantou a fonte.

A PJ continua a investigar para apurar a eventual existência de outras vítimas.