A PSP anunciou, nesta quarta-feira, ter intercetado uma mulher de 47 anos por suspeita de furto de cerca de 100 mil euros em ouro de uma habitação na cidade de Leiria.

Em comunicado, a PSP informa que na terça-feira realizou uma operação policial “no âmbito de um processo de furto de ouro em residência, perpetrado ao longo de vários anos”.

“Esta operação contemplou a execução de mandado de busca domiciliária, além de outras diligências processuais”, indica a PSP, adiantando que através da investigação “foi possível recuperar parte das peças furtadas, bem como proceder à apreensão de diversos objetos obtidos com o lucro da atividade ilícita”.

Segundo a PSP, foi ainda “possível apurar outros aspetos que indiciam, pela suspeita, a adoção de uma vida acima das suas possibilidades”.

À agência Lusa, fonte da PSP esclareceu que a mulher, cuja profissão não foi divulgada, dedicou-se “durante mais de três anos ao furto de ouro em residência situada na zona urbana de Leiria”.

“O valor estimado é de cerca de 100 mil euros, embora o valor exato ainda esteja a ser objeto de confirmação”, explica a mesma fonte, acrescentando que, além de peças de ouro, foi possível “apreender um conjunto de objetos presumivelmente adquiridos com a venda daquelas”, como televisores, computadores portáteis e raspadinhas, além de dinheiro.

A investigação prossegue, informa a PSP.