As seis pessoas que ficaram desalojadas devido à chuva forte que caiu na segunda-feira no Barreiro foram realojadas, três numa casa de abrigo e outras três em casa de familiares, afirmou fonte dos bombeiros de Salvação Pública.

«Com o acionamento da Linha Nacional de Emergência Social, três dos seis residentes foram alojados temporariamente numa casa abrigo na Cruz de Pau, no concelho do Seixal, tendo os outros três moradores ficado em casa de familiares», explicou a fonte.

As seis pessoas ficaram desalojadas e várias ruas ficaram quase intransitáveis devido à forte chuva que caiu na terça-feira no concelho do Barreiro durante cerca de meia hora.

A família de seis pessoas, residente na rua Padre Abel Varzim, ficou desalojada devido a uma infiltração na cobertura.

«Apesar da melhoria das condições meteorológicas, os alertas continuaram a chegar visto que a capacidade de isolamento de muitos telhados foi ultrapassada pela quantidade de água acumulada», acrescentou.

O túnel da Rua Miguel Bombarda, uma das principais artérias do Barreiro, inundou e ficou intransitável, bem como muitas outras vias urbanas do concelho, com os bombeiros de Salvação Pública a responderem a mais de três dezenas de ocorrências, entre as quais três acidentes de viação.

A outra corporação de bombeiros do concelho, a dos Bombeiros Sul e Sueste, também registou mais de uma dezena de ocorrências na sua área de intervenção.