Não é mais um daqueles desafios insólitos da Internet. #40DiasSemPlastico é um desafio sério, muito sério, para toda a humanidade. Começam por ser 40 dias sem plástico, mas o ideal é que seja a vida inteira. Sendo muito difícil viver sem ele, podemos começar por reduzi-lo.

Acha que é impossível? Nos mais simples e aparentemente pequenos hábitos do dia a dia, pode fazer-se logo a diferença. Já lá vamos às dicas.

Primeiro que tudo, os números que assustam, que evidenciam como o consumo de produtos descartáveis está a crescer, e que dizem respeito a Portugal: estudos recentes mostram que 259 milhões de copos de café, 10 mil milhões de beatas de cigarros, 40 milhões de embalagens de take-away, mil milhões de palhinhas de plástico e 721 milhões de garrafas descartáveis são consumidos em Portugal em cada ano.

O plástico vai parar a onde? Aos oceanos, dando origem a pequenas partículas, no processo de deterioração, que são ingeridas pelos animais e levam à sua morte. Também os microplásticos de muitos muitos cosméticos e produtos de higiene pessoal entram na rede de esgotos. O problema é que sendo demasiado pequenos para serem completamente filtrados nos sistemas de tratamento, vão para os rios e mares. Conclusão: acabam por entrar na cadeia alimentar dos humanos. A nossa saúde é que se ressente.

A Quercus tem lembrado que, em 1990, a produção de plástico era metade da atual. Daqui a alguns anos poderá existir no oceano mais plástico do que peixe, se nada for feito. Vamos pôr mãos à obra? Siga as dicas que constam na fotogaleria e, se tiver mais, envie-nos e-mail para euvi@tvi.pt. A humanidade agradece.