O homem suspeito de ter matado a mulher, no sábado, em Paredes, com vários golpes de faca de cozinha, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, determinou esta segunda-feira o tribunal local.

O suspeito, de 66 anos, foi ouvido em Paredes pelas autoridades judiciais, depois de ter estado «sob custódia» da Polícia Judiciária desde sábado.

Segundo aquela autoridade policial, o crime ocorreu na habitação do casal, em Lordelo, Paredes, cerca das 16:00, depois de a vítima ter comunicado ao marido que pretendia separar-se.

O suspeito desferiu vários golpes na mulher usando uma faca com cerca de 20 centímetros.

A mulher, de 62 anos, sofreu ferimentos nas costas, dorso e na zona abdominal direita, acabando por morrer.

O suspeito entregou-se no posto da GNR da localidade, pouco tempo depois do crime.