O homem suspeito de ter cometido terça-feira um duplo homicídio em Alvaiázere ficou hoje em prisão preventiva, por decisão do tribunal local, disse à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

O suspeito, de 62 anos, que se encontrava sob a custódia da PJ, foi ouvido hoje durante a tarde, depois de ter sido detido na terça-feira de madrugada pela GNR de Coimbra.

«O homem terá assassinado a ex-mulher e o atual companheiro da mesma» com dois tiros de caçadeira, na freguesia de Maçãs de Dona Maria, e foi detido «na sequência de uma denúncia telefónica a indicar a presença de um indivíduo com comportamentos estranhos junto a um café da localidade de Sobral Ceira», informou a GNR, em comunicado.

«Após a intervenção da patrulha, o homem confessou os crimes que supostamente tinha cometido, motivo pelo qual foi entregue à Polícia Judiciária, entidade com competência para a investigação dos crimes em referência», adiantou a mesma fonte.