A Polícia Judiciária (PJ) destruiu hoje cerca de duas toneladas de drogas várias, a maior parte cocaína, apreendidas em operações que decorreram maioritariamente no ano passado.

Segundo disse à agência Lusa, o diretor da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) da PJ, Artur Vaz, entre as drogas destruídas nas instalações da Valorsul, em São João da Talha, Loures, estão 1.400 quilos de cocaína.

No conjunto de estupefacientes incinerados, que resultaram de cerca de 1.000 apreensões, estão igualmente heroína, haxixe, liamba e algumas drogas sintéticas.

De acordo com o responsável da UNCTE, no ano passado foram destruídas mais de 14 toneladas de drogas apreendidas.

Segundo a mesma fonte, em 2017 foram destruídos quase uma tonelada (990 kg) de cocaína, 53,4 kg de heroína, 672,3 kg de liamba e mais de 270 kg de drogas sintéticas. Foram ainda incinerados no ano passado mais de 12 toneladas (12.783 kg) de haxixe.