Um homem de 48 anos, residente no concelho de Celorico da Beira, distrito da Guarda, foi detido pela GNR por suspeita de violência doméstica, foi hoje anunciado.

O Comando Territorial da GNR da Guarda refere em comunicado hoje envidado à agência Lusa que o suspeito foi detido, na quinta-feira, por elementos do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas.

A detenção ocorreu no âmbito de uma queixa apresentada há três meses, que envolveu vários episódios de ameaças e perseguição, em que o suspeito seguia a sua ex-mulher, de 49 anos, através de um dispositivo GPS (localizador) que instalou na viatura da vítima", indica a fonte.

No âmbito da investigação, a GNR realizou duas buscas domiciliárias que resultaram na apreensão de material informático "que supostamente continha fotografias íntimas, as quais eram utilizadas [pelo suspeito] nas ameaças à vítima".

O detido foi presente ao Tribunal de Gouveia para primeiro interrogatório judicial e ficou em liberdade sob vigilância de pulseira eletrónica.

Segundo a fonte, o tribunal aplicou ainda as medidas de coação de proibição de contacto com a vítima por qualquer meio, de se aproximar da mesma num raio de quatro quilómetros e de permanência nos concelhos de Celorico da Beira e de Gouveia, no distrito da Guarda.