A missão Life Sciences, com cerca de duas dezenas de investigadores e empresários, liderada pelo Nobel da Medicina Craig Mello, visita Portugal, a partir desta segunda-feira, para reforçar a cooperação e procurar negócios na área da ciência.

Promovida pela embaixada dos Estados Unidos, em Lisboa, a missão, que decorre até quarta-feira, visa "reforçar a cooperação e criar sinergias" entre empresários, empresas, investidores e instituições de investigação norte-americanas e portuguesas.

Segundo a organização, os participantes terão oportunidade de se encontrar com os principais investigadores portugueses e assim identificar antecipadamente oportunidades de investimento e de desenvolvimento de novos negócios.

O objectivo da missão é acelerar a inovação e trazer ideias, medicina e tecnologia do laboratório para o mercado, adianta a organização.

O programa da missão arranca esta segunda-feira em Lisboa com um pequeno-almoço no Instituto Gulbenkian de Ciência e até quarta-feira passará ainda pelas cidades de Coimbra, Braga e Porto.

Visitas a empresas "start-up", instituições académicas e de investigação e encontros com investidores, são algumas das atividades previstas para o programa de três dias.

Craig C. Mello, descendente de emigrantes açorianos nos Estados Unidos, é professor na escola de Medicina da Universidade de Massachusetts e investigador do Instituto de Medicina Howard Hughes, no Maryland.

Graduado em bioquímica pela universidade de Brown (1982) e em biologia pela de Harvard (1990), Craig C. Mello tem um doutoramento no Centro de Pesquisa do Cancro Fred Hutchinson, de Seattle.

Em 2006, foi distinguido juntamente com o seu colega Andrew Z. Fire, com o prémio Nobel da Medicina pela "descoberta do mecanismo fundamental para o controlo dos fluxos de informações genéticas".