Em comunicado, a ASAE refere que a operação, "Aprilis", decorreu esta semana naqueles três concelhos, tendo sido efetuados 11 mandados de busca, domiciliários e não domiciliários, em armazéns e indústrias ilegais.

 

Os suspeitos em causa, maioritariamente estrangeiros, operavam em Espanha e "mantinham fortes relações comerciais com o mercado espanhol de contrafação".

Da operação resultou a apreensão de cerca de 38 mil artigos, nomeadamente roupa, calçado, moldes e etiquetas, seis máquinas industriais e 217 mil euros em dinheiro.

 

Na nota, a ASAE adianta que "interrompeu um circuito de produção e distribuição, retirando do mercado nacional e espanhol uma quantidade apreciável de artigos contrafeitos, e inviabilizou alguns armazéns e locais ilegais de fabrico".