Os pólenes em suspensão no ar vão estar em níveis elevados e muito elevados nos próximos dias em Portugal continental, informou a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC).

No boletim polínico divulgado esta quinta-feira, a SPAIC prevê que, entre os dias 14 e 20 de abril, os níveis vão estar muito elevados em Vila Real, Lisboa, Porto, Alentejo e Algarve. Para a Beira Interior e Beira Litoral são esperados elevados.

Nos arquipélagos dos Açores e da Madeira prevêem-se níveis baixos.

O alerta da SPAIC vai particularmente para os pólenes de árvores como o pinheiro, plátano, carvalho e cipreste, e das ervas urtiga e parietária.

Os pólenes das árvores e das ervas provocam na primavera reações alérgicas em muitas pessoas, caracterizadas normalmente por espirros, comichões ou falta de ar. Em algumas pessoas podem provocar rinite, conjuntivite ou asma.