O presumível autor de um crime de homicídio em Coimbra, no sábado, foi detido e vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, anunciou a Polícia Judiciária (PJ).

O homem, de 44 anos, sem profissão, é suspeito de, no sábado, ao final da tarde, ter esfaqueado três pessoas, tendo uma delas vindo a falecer em resultado da agressão.

Os factos ocorreram na sequência de desentendimentos anteriores, tendo o suspeito decidido vingar-se, surpreendendo e atacando os ofendidos, de 43, 44 e 46 anos, desferindo-lhe diversos golpes, em várias zonas do corpo, que provocaram a morte a um deles", explicou a PJ, em comunicado.

Fonte da Diretoria do Centro adiantou à agência Lusa que o presumível homicida esteve internado até terça-feira no Centro Hospital e Universitário de Coimbra, em resultado de ferimentos provocados pela vítima ao tentar-se defender dos golpes de arma branca.

A mesma fonte adiantou que o detido, já com antecedentes criminais, vai ser hoje à tarde presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra para aplicação das medidas de coação.