As autoridades venezuelanas detiveram dois passageiros quando se preparavam para embarcar num voo da TAP, entre Caracas e Lisboa, com 3,6 quilogramas de cocaína escondida na bagagem, disseram hoje à Lusa fontes aeroportuárias.

Segundo as fontes, os dois passageiros, identificados como sendo Rafael Mejías e Nixón Rodríguez, foram detidos ao final da tarde de quarta-feira (noite em Lisboa) no Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía.

"Funcionários da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) estavam a inspecionar a bagagem através do aparelho de raios x, quando detetaram irregularidades em quatro malas. Ao revistar a bagagem detetaram a droga", explicou uma das fontes.


Os proprietários das malas, Rafael Mejías e Nixón Rodríguez, foram detidos pelos oficiais do comando antidrogas, encontrando-se agora à disposição do Ministério Público.

Nas próximas horas deverão ser levados perante um juiz de um tribunal, para serem formalmente acusados do delito de tráfico ilícito de substâncias estupefacientes e psicotrópicas.