O mês de setembro foi o quinto mais chuvoso desde 1931 e a quantidade de precipitação foi «muito superior ao valor normal» em quase todo o território, indica o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

No boletim climatológico mensal, o IPMA indica que o mês de setembro foi caraterizado por valores de temperatura média acima do normal e por valores de precipitação muito elevados, classificando-se o mês como «extremamente chuvoso».

Segundo o IPMA, o valor médio da quantidade de precipitação em setembro, 112,6 milímetros, foi «muito superior ao valor normal», sendo o quinto setembro mais chuvoso desde 1931, depois de 1949, 1932, 1965 e 1999.

«Os valores da quantidade de precipitação foram, em geral, cerca duas a oito vezes superiores aos valores médios para o mês, tendo sido ultrapassados os maiores valores mensais nas regiões de Lisboa, Península de Setúbal e Évora», adianta o boletim.

O IPMA refere ainda que o valor médio da temperatura do ar em setembro, 21,74 graus, foi superior ao valor normal, bem como a temperatura mínima.

Já o valor da temperatura máxima, 26,27 graus, foi muito próximo do valor normal.