O rio Tâmega galgou esta sexta-feira as margens em Chaves, inundando a ciclovia, o circuito pedonal e condicionando o acesso a uma habitação, avançou à Lusa o responsável pela proteção civil municipal.

Sílvio Sevivas realçou que o caudal do rio subiu 1,90 metros em relação ao leito normal de inverno, mas já estabilizou.

Devido à previsão de chuva forte, o responsável aconselhou os moradores e comerciantes situados nas margens ribeirinhas a salvaguardar, como medida preventiva, equipamentos elétricos e outros bens nos andares superiores para não se danificarem em caso de cheia.

Neste momento, referiu Sílvio Sevivas, não houve necessidade de encerrar as estradas e parques de estacionamento junto ao rio.

Em 2009 e 2010, o rio Tâmega também transbordou e inundou restaurantes e habitações, fazendo mesmo desalojados.