Um dos dirigentes sindicais que fez parte da fundação da CGTP-Intersindical,  José Malaquias Pinela , morreu na quinta-feira, com 79 anos, anunciou esta sexta-feira a central sindical.

«Faleceu José Malaquias Pinela, dirigente que esteve na fundação da Intersindical em 1970. Nesta hora difícil para todos os que viveram e conheceram José Pinela, a CGTP-IN apresenta as suas condolências à família e ao CESP [Sindicato do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal]», refere um comunicado enviado à agência Lusa.

José Malaquias Pinela nasceu em Santiago do Cacém em 1935.

De acordo com a CGTP, em abril de 1970, José Pinela «conduziu o processo de conquista do então Sindicato dos Caixeiros de Lisboa ao controlo dos fascistas, e dirigiu, enquanto presidente da direção, o processo de negociação dos contratos coletivos para os trabalhadores do comércio e a reivindicação da redução da jornada de trabalho de 48 para 44 horas semanais, com descanso nas tardes de sábado e dia de domingo».

José Pinela «subscreveu, com dirigentes de outros sindicatos, a convocatória da reunião fundadora da Intersindical, em 01 de outubro, de 1970, e passa a ser um ativo participante das reuniões Intersindicais».