O ministro da Administração Interna garantiu esta quarta-feia que o Centro de Formação da GNR em Portalegre vai continuar em funcionamento, mas afastou a possibilidade de criação de um novo espaço por falta de verbas.

«Perspetivas para um novo espaço não, porque isso significava termos que encontrar capacidade de financiamento que eu não estou a ver onde é que se possa encontrar nos tempos mais próximos», afirmou Miguel Macedo.

O ministro falava aos jornalistas em Portalegre, após a cerimónia de juramento de bandeira do curso de formação de guardas, tendo assumido o compromisso 177 alistados na GNR (145 homens e 29 mulheres).

O governante garantiu que serão feitas obras pontuais no Quartel do Convento de São Bernardo, onde está instalado o centro de formação, para assegurar as «melhores condições» aos formadores e formandos.

«Eu não prevejo que nos próximos tempos, três ou quatro anos, haja condições para fazer um investimento dessa envergadura em Portalegre [construção de um novo quartel], o que não significa que não se façam nas atuais instalações e de forma pontual os melhoramentos que são exigidos para ter melhores condições», disse.

Miguel Macedo indicou que o Governo está a desenvolver esforços para encontrar outras possibilidades de «melhorar» a instalação do Centro de Formação da GNR em Portalegre, em articulação com outras entidades.

Mas, disse, «não são fáceis» as alternativas que são apresentadas, porque exigem um «investimento muito forte».

Segundo o governante, o país tem «muitas desgraças a que acorrer» e o dinheiro «não chega para tudo».

O titular da pasta da Administração Interna garantiu também que a formação da GNR na Figueira da Foz vai continuar «em paralelo» com a que é ministrada em Portalegre, embora esteja vocacionada para uma outra área, principalmente para a formação de sargentos.

O atual Centro de Formação da GNR, que já se chamou Centro de Instrução de Praças e posteriormente Agrupamento de Instrução de Portalegre, está dependente da Escola da Guarda, com sede em Queluz.

O curso de formação da GNR é ministrado na Escola da Guarda, não só através do centro instalado em Portalegre, como também do centro existente na Figueira da Foz.

Na unidade de Portalegre, a instrução é ministrada desde 1985 e até hoje foram formados cerca de 16 mil militares, recorda a Lusa.