O número de mortos da colisão ocorrida na segunda-feira perto de Castro Verde, todos da mesma família, subiu para cinco, com a morte do bebé que tinha ficado em estado grave, disse hoje à agência Lusa fonte da GNR.

Na sequência da colisão, que deixou "cenário quase indescritível", envolvendo dois veículos ligeiros e uma carroça, o bebé, de 11 meses e do sexo masculino, foi transportado de helicóptero para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde entrou em paragem cardiorrespiratória e acabou por morrer na segunda-feira à noite, explicou a fonte.

As restantes quatro vítimas mortais da colisão, que ocorreu pouco antes das 20:00, na Estrada Nacional 2, perto de Castro Verde, no distrito de Beja, são os pais do bebé, um homem, de 35 anos, e uma mulher, de 38, e os irmãos, um menino, de 10 anos, e uma menina, de oito, sendo que todos viajavam na carroça, disse a fonte.

A colisão provocou ainda três feridos, uma menina de 14 anos, que seguia na carroça e também era filha do casal, e os condutores dos veículos ligeiros de passageiros, dois homens, um de 67 anos e outro de 74, de nacionalidade suíça, que sofreram ferimentos leves.

A menina de 14 anos foi transportada para o hospital de Beja, de onde terá alta clínica durante o dia de hoje, disse à Lusa fonte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

Os outros dois feridos receberam assistência no local e foram encaminhados para o posto da GNR de Castro Verde.

Segundo a fonte da força de segurança, a Estrada Nacional 2, entre Carregueiro e o nó do IP2 no acesso a Castro Verde, esteve cortada ao trânsito desde a hora do acidente e até às 00:20 de hoje.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, as operações de socorro envolveram meios e elementos das corporações de bombeiros de Castro Verde, Aljustrel e Ourique, uma ambulância da delegação de Castro Verde da Cruz Vermelha Portuguesa, uma viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Castro Verde, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Beja e um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).