A GNR mantém um forte dispositivo policial na região de Setúbal na tentativa de localizar um grupo que esta sexta-feira de manhã roubou uma viatura através de «carjacking» em Aires e assaltou duas ourivesarias em Águas de Moura e Poceirão.

Segundo revelou à Lusa fonte da corporação, foram referenciados três homens pelo roubo da viatura em Aires e quatro nos dois assaltos efectuados com a viatura roubada, no concelho de Palmela.

Abandonaram viatura

De acordo com a mesma fonte, o grupo de assaltantes fugiu em direcção ao Pinhal Novo, onde abandonou a viatura roubada e iniciou a fuga a pé.

Para o local, seguiram diversas patrulhas da GNR e equipas sinotécnicas, com cães pisteiros, que ao final da tarde continuavam a desenvolver esforços para tentar localizar os quatro fugitivos.

Agressões físicas

A GNR adiantou ainda que dois funcionários das ourivesarias assaltadas sofreram agressões físicas e que tiveram de receber tratamento hospitalar, mas que nenhuma das vítimas «inspira cuidados de maior».

O carro foi roubado cerca das 09:30, tendo os assaltantes seguido em direcção a Setúbal e posteriormente para Águas de Moura e Poceirão, onde efectuaram os dois assaltos, o primeiro por volta das 10:15 e o segundo cerca de 10 minutos depois.