Foi detido o suspeito de balear, esta terça-feira, uma mulher de 62 anos nas costas, na Rechousa, em Gaia, no âmbito de um crime de carjacking perpetrado no parque de estacionamento de um supermercado, pouco depois das 10:00, confirmou a TVI.

Fonte oficial do Comando Territorial do Porto da GNR indicou à agência Lusa que o suspeito foi interceptado no próprio concelho de Vila Nova de Gaia, tratando-se de um homem com idade entre os 40 e os 50. A GNR deteve e entregou o suspeito à Polícia Judiciária (PJ).

O homem terá roubado mesmo o carro e fonte da GNR assegurou à TVI que se dirigiu à junta de freguesia de Pedroso, tendo baleado na perna um jovem de 22 anos, presumivelmente funcionário da junta.

O hospital Santos Silva, de Gaia, confirmou que as duas vítimas estão internadas. 

A Polícia Judiciária já tinha admitido que as duas pessoas tinham sido baleadas pelo mesmo atirador.

"Há a presunção de que, nos dois casos, o atirador foi o mesmo. As brigadas estão no terreno", referiu à agência Lusa uma fonte da PJ, numa informação a meio da tarde.

As duas pessoas baleadas deram entrada no hospital Santos Silva.

Fonte da unidade disse à Lusa que as duas pessoas "encontram-se internadas, estabilizadas e não correm risco de vida".