Uma criança de quatro anos foi atacada por um dogue argentino, uma raça considerada potencialmente perigosa. De acordo com o jornal «Correio da Manhã» (CM), que avança a notícia, o menino sofreu ferimentos na cabeça e está internado no Hospital de Faro.

O ataque aconteceu na segunda-feira ao início da tarde, na casa de família, num empreendimento de luxo em Vilamoura, no Algarve.

A criança, de nacionalidade estrangeira, «está a recuperar bem», de acordo com o pai, em declarações ao CM. O homem avançou ainda que o cão era propriedade da família e «já foi entregue à GNR». O animal está de quarentena, no canil de Loulé. Está a ser avaliado por um veterinário e pode ser abatido nos próximos dias.