O Governo alargou até ao dia 22 de dezembro o período de candidaturas dos agricultores afetados pelos incêndios aos apoios, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR2020).

O prazo terminava esta sexta-feira, 15 de dezembro, mas assim sendo os agricultores terão mais alguns dias, até à próxima sexta-feira, para formalizarem candidatura. 

Numa nota enviada à comunicação social, o Ministério da Agricultura, esclarece que decidiu estender o prazo de candidaturas por mais uma semana, “atendendo a que se verificaram anomalias no acesso aos sistemas informáticos da Autoridade de Gestão do PDR2020 e do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, que impediram a submissão dos formulários do pedido de apoio e geraram outras dificuldades”.

A medida destina-se a todos os agricultores afetados pelos incêndios que ocorreram entre julho e outubro, que tenham registado prejuízos nas instalações de apoio à exploração, equipamentos, culturas permanentes ou animais.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, os níveis de apoio correspondem a 100% dos prejuízos para valores até cinco mil euros

Prejuízos entre € 1.053 e € 5.000 Comparticipação a 100% dos estragos
 € 5.000 e € 50.000 Comparticipação a 85% 
€ 50.000 e € 400 mil euros Comparticipação a 50% até ao limite de 200 mil euros